Paula Mirhan se prepara para lançar seu primeiro disco solo PETRÓLEO. O disco é composto de 9 faixas inéditas de compositores brasileiros contemporâneos à Paula e uma releitura do compositor Gilberto Gil. Paula é compositora de 4 faixas no CD e assina a produção musical ao lado do multiartista Rui Barossi.

É atriz, cantora e compositora, e como tal, trabalha há 13 anos na cidade de São Paulo, onde mora e tem sua vida criativa ao lado dos coletivos artísticos dos quais faz parte. Seus principais trabalhos são:

É integrante fundadora da Filarmônica de Pasárgada, grupo de música formado dentro USP desde 2008 e que, em 2013 lançou seu primeiro álbum O Hábito da Força e em 2014 o segundo álbum Rádio Lixão, ambos com direção musical de Alê Siqueira. A convite do compositor e cantor Tom Zé  e ao lado dos artistas Emicida, Trupe Chá de Boldo, O Terno e Tatá Aeroplano, a Filarmônica de Pasárgada grava o EP Tribunal do Feicibuqui, lançado no segundo semestre de  2013. Em 2016 a banda gravou e lançou seu terceiro disco, Algorritmos, também com produção musical de Alê Siqueira. Em 2017 integram o Festival Atlântico em Luxemburgo na Philarmonie de Luxemburgo. Em 2020 preparam-se para gravar seu quarto disco, dessa vez, homenageando São Paulo. 

 

Integra a Orquestra Mundana Refugi desde 2017 ao lado de músicos da Orquestra Mundana - grupo com 15 anos de história dirigido por Carlinhos Antunes - e de músicos refugiados ou imigrantes de diversas localidades como Haiti, Congo, Líbano, Iran e Palestina, entre outros. Juntos, gravam o primeiro CD do coletivo em parceria com o Sesc. Em 2019 lançam seu segundo CD, Caravana Refugi que se apresenta nos principais teatros da cidade de São Paulo.

Em 2015, ao lado da compositora Patrícia Lopes, se apresenta em Nova Iorque a convite do saxofonista Ohad Talmor na casa de show SEEDS interpretando as canções da compositora, inspiradas nos poemas de Fernando Pessoa. Ainda em 2015, ao lado de Patrícia, Paula Mirhan se apresenta junto da OCAM (Orquestra de Câmara da USP). Em 2017, com esse mesmo projeto, lançam o CD O Feminino em Pessoa em Portugal no Nice Jazz Festival em Caldas da Rainha e em Lisboa.

Em 2020 fará uma turnê de PETRÓLEO pelo interior do estado de São Paulo através do edital ProAc 2019. O show passará por Ubatuba, Botucatu, Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto, Franca, Presidente Prudente e Araraquara.